"Amo a vida e espero que cumprida não seja breve, que intensamente seja sentida e leve, até que me leve."

terça-feira

O avesso do oposto


Tava revirando os arquivos aqui e achei essa coisa maluca letra de música ou sei la o que, e já que não posto nada há tempos, resolvi colocar aqui pra tomar o disputado tempo dos desocupados...rs. Lá vai:



A lua aparece de dia num dia frio de muito sol
O mundo parece confuso, meu fuso-horário parece espanhol
Borboletas em caules no chão e as flores sobrevoando o jardim
Galopes de cães no asfalto, o fim no começo e o começo no fim

Estrelas mergulham no mar, estrelas do mar brilhando no céu
Estalos de silêncio absurdo, e agora é o noivo quem casa de véu
E joga o buquê lá pra trás e se quem pegar as flores for eu
Terei sete anos de azar e se o espelho quebrar o azar não é meu

O mundo está ao contrário, o avesso do oposto, inverteu
O mundo está bem maluco ou então o maluco da história sou eu

A Terra girou ao contrário, o relógio andou para trás
Saturno perdido no espaço, seus anéis ‘tão em Marte, em viagens astrais
Abri a porta de casa e vi o Monte Sião
Andei, tropecei em Chicago, caí em Portugal, levantei no Japão

Capelas soando batuques dos cantos dos orixás
O crente na praia cantando o refrão do canto de Iemanjá
Italiano vendendo sushi na ponte do rio que cai
Obama andando descalço da Cidade de Deus até a Vila da Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário