"Amo a vida e espero que cumprida não seja breve, que intensamente seja sentida e leve, até que me leve."

sexta-feira

Uma estrofe...


Os seres humanos têm olhar de ódio

Esqueceram o que é o amor

Os pais mostram armas aos filhos

E os filhos matam os pais

A ganância destrói os corações

E as orações parecem não adiantar

Mas acredite, seja forte, não desista,chegará a hora da salvação

A vida não será como uma rocha.


(Felipe Menezes)

quarta-feira

Quaiscalingudum...


Como todos sabem (mentira, quase ninguém sabe) hoje é o DIA NACIONAL DO SAMBA. (EBAAAAAAAA!)

O samba foi criado há centenas de anos, logo que os baianos desembarcaram da arca de Noé. Em meados de sei lá quando, com a escassez de águadecôco na Bahia, o samba resolveu abrigar-se em outro lugar, o Rio de Janeiro. E foi pelas praias de Copacabana, Ipanema e Piscinão de Ramos que o samba teve maior desenvolvimento e divulgação, sendo o Rio de Janeiro conhecido mundialmente como berço, como habitat natural dessa espécie musical.

Com o passar dos milênios, o samba gerou muitas vertentes de si próprio, assim como o carrapato, que se reproduz sozinho, o samba também o faz. Então nasceram o sambaderroda, sambademesa, sambarroque, sambajazz, sambametal, sambareggae, samborró (samba+forró), sambatango, sambapsytrance, sambafunk, sambamelacueca, sambabaca e samba-little-crying (chorinho), entre outros.

Agregado a esse ritmo contagiante surgiu uma forma única de dançar, de balançar o corpo, um desmelexo, um requebrado inconfundível, que ganha maior força quando executado por mulheres desnudas, como acontece no Carnaval.

O Carnaval é uma festa....
... AHHH, MAS ISSO JÁ É OUTRO ASSUNTO.


Por hoje é só, infelizmente não posso ficar nem mais um minuto com você, moro em Jaçanã, e se eu perder o trem das onze... só amanhã de manhã!



"Quais, quais, quais, quais, quais, quais,
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum..."

segunda-feira

Eu sou...


eu sou o pó que contaminou o poço
eu sou a cobra que envenenou o moço
eu sou a sobra do que é só osso
eu sou o resto do que é só um esboço

eu sou a canoa que virou no lago
o automóvel que despencou do penhasco
um trem desgovernado em São Paulo
um avião que virou estilhaço

eu sou a enchente que afligi o cidadão
sou a seca que ataca o sertão
na falta da luz, eu sou o apagão
sou as marcas do trabalho em suas mãos

sou uma lágrima ao fim da esperança
o suicida com a corda na garganta
o equilibrista que caiu da corda bamba
sou o fantasma que assusta a criança

a fumaça tóxica, a chuva ácida
a terra árida, a sua cólica...

o pó, a pedra, o mato
o fogo, a fumaça, o alcool...

o tropeço, a queda, a dor
a raiva, o ódio, o rancor...

...e se eu disser que é por AMOR?

quinta-feira

Ao menos...




Em meio a toda essa loucura típica do meu cotidiano atípico, vivo na extremidade dos sentimentos, onde o vento pode ser meu alento ou meu tormento, onde cada palavra inconscientemente falada pode ser um passo largo em direção ao abismo. Para finalmente, em queda livre, com um estrondoloroso grito expressar toda a dor percorrente em minhas veias. E não mais ficarão presos em minha garganta, por um estrangulamento suicida, os meus pensamentos, os meus desejos, os meus sonhos. Estes ecoarão eternamente, ao menos em minha memória.

quarta-feira

VOCÊ EM MIM


Vejo em você meu futuro

Sinto em você minha vida

Projeto em você os meus sonhos

Curo em você minhas feridas


Colho as flores que brotam

No mais belo dos meus jardins

Te entrego em forma de amor

Te dou o melhor que há em mim


Dedico a você meus sorrisos

Meus olhos são só pra te ver

Meus braços pra te abrigar

Onde eu quero te ter...


Pra sempre

Você em mim

E sempre te ver sorrir

Dormir e ao seu lado acordar

Com a certeza de sempre te amar

Voar


Você pode voar se quiser
Basta fechar os olhos e acreditar que tudo é possível
Saltar e deixar que o vento te carregue
Flutuar e esquecer de todo o mundo
Deixar que os problemas se afoguem no mar da tranqüilidade
Aliviar todo o peso que derruba sua consciência
Manter a cabeça sempre erguida
E fixar seu olhar no ponto mais alto que alcançar

Faça da luz do Sol seu guia
Das ondas do mar seu refresco
Do brilho das estrelas sua inspiração
E do luar seu berço
Do canto das aves sua música
Do doce das nuvens seu alimento
No imaginário seus desejos
E desvende todos os segredos... do mundo


terça-feira

TE AMAR


Quero acordar todas as manhãs e ter você aqui
Quero sentir seu cheiro, ouvir sua voz a cantar pra mim
As canções que você escreveu sobre o nosso amor
E mostrar pra você tudo o que eu sou

Sabe baby, eu gosto do seu sorriso de menina
E te olhar durante horas, tudo em você me fascina
Quero cuidar de você e viver pra te fazer feliz
E durante uma vida inteira te amar...

E caminhar por aí
Te amar e ver o sol nascer
Te amar e ver o mar fluir
E te amar...

Quero acariciar seus cabelos e você os meus
Brincar, sorrir e pensar num futuro pra nós
Imaginar como serão os frutos do nosso amor
E por cima de tudo passar quando preciso for
Pra te amar...

E caminhar por aí
Te amar e ver o sol nascer
Te amar e ver o mar fluir
E te amar...